Museu Nacional do Azulejo

1. Vista Panorâmica de Lisboa. O Bairro do Mocambo.

Atribuído a Gabriel del Barco

Lisboa, início do século XVIII

Faiança a azul sobre branco

115 x 2247 cm

Proveniente do antigo palácio dos condes de Tentúgal, Lisboa

MNAz, Inv. 1 Az


A Vista Panorâmica de Lisboa, hoje um painel sequencial de azulejos com quase 23 metros de comprimento, representando 14 km`s de costa, de Algés a Xabregas, constitui um documento iconográfico da maior relevância para a História de Lisboa, ao mostrar-nos a mais completa vista da capital portuguesa anterior ao terramoto de 1755.

Proporcionando ao espectador o ponto de vista de uma ave que sobrevoasse a cidade, neste painel representam-se os mais importantes edifícios dessa época, a par de inúmeros palácios, igrejas, conventos e casas de habitação.

A Vista Panorâmica de Lisboa constitui também um precioso testemunho do quotidiano da capital sendo visíveis as atividades no mercado da Ribeira ou na construção naval, assim como o movimento das embarcações no rio Tejo.

Destaque-se a representação do antigo bairro do Mocambo, local onde laboravam boa parte das olarias de Lisboa, visíveis no painel pelas chaminés fumegantes. Este bairro, hoje designado como Madragoa, deve o seu nome a um termo que em umbundo significa “pequena aldeia, lugar de refúgio”, revelando que aqui residia uma parte muito significativa da população africana, maioritariamente livre, mas que acolheria também escravos, uns e outros trabalhando nas mais diversas atividades domésticas e urbanas.


2. Amazona, ou a Duquesa Maria Joana Baptista de Sabóia

Manuel da Silva (pintor) na oficina de Agostinho de Paiva (?)

Coimbra, década de 1720

Faiança a azul sobre branco

Proveniente do Convento de São Jorge de Milreus (?), Coimbra

Imagem baseada numa gravura da obra: La Venaria Reale, Palazzo di Piacere, e di Caccia, de Georges Tasnière, a partir de desenhos de Giovanni Francesco Baroncello. Turim, 1672

MNAz, Inv. n.º 9869Az

Disponível apenas online



Sítio do Mocambo - Vista Panorâmica de Lisboa

Museu Nacional do Azulejo

Peças e Documentos

  • 61955.jpg
  • 2519_72.jpg
  • 61955.jpg
    EXPANDIR IMAGEM

    Amazona ou a Duquesa Maria Joana Baptista de Sabóia

    EXPANDIR IMAGEM

    Amazona ou a Duquesa Maria Joana Baptista de Sabóia

    Manuel da Silva (pintor), na oficina de Agostinho de Paiva (?)

    Coimbra, década de 1720

    Faiança, pintura a azul sobre branco

    Proveniência: Convento de São Jorge de Milréu (?)

    Imagem baseada numa gravura da obra: La Venaria Reale, Palazzo di piacere, e di Caccia, de Georges Tasnière, a partir de desenhos de Giovanni Francesco Baroncello, Turim, 1672

    Museu Nacional do Azulejo, Inv. n.º 9869Az

    Mais Informação
  • 2519_72.jpg
    EXPANDIR IMAGEM

    Sítio do Mocambo - Vista Panorâmica de Lisboa

    EXPANDIR IMAGEM

    Museu Nacional do Azulejo

    Mais Informação