Museu Nacional de História Natural e da Ciência


Ciríaco

Joaquim Leonardo da Rocha (1756-1825)

c. 1787

Pintura a óleo sobre tela

Museu Nacional de História Natural e da Ciência, Universidade de Lisboa

Inv. MUHNAC-UL-22234

Fotografia: © Miguel Faro, 2014. Cortesia do Museu Nacional de Arte Contemporânea - Museu do Chiado


Pintura representando Ciríaco ou Siríaco, um rapaz negro de 12 anos que apresenta uma doença de pele (possivelmente, vitiligo), retratado com estatura aproximada ao real. Natural de Catingumba (Brasil), Ciríaco chegou a Lisboa em julho de 1786 como oferta do Governador da Baía, D. José de Menezes e Noronha ao Infante D. José I.

Trata-se da cópia de uma pintura da autoria do pai de Joaquim Leonardo da Rocha, o pintor Joaquim Manuel da Rocha (1727-1876), que o terá pintado a partir do natural. O original, datado de 1786, localiza-se no Musée d’Histoire de la Médecine, Paris, existindo ainda uma outra cópia, também da autoria de Joaquim Manuel da Rocha, no Museo Nacional de Antropología, Madrid.

Ciríaco surge também inserido na pintura La mascarade nuptiale, de José Conrado Rosa (1778), a par de outras figuras (os escravos anões de D. Maria I), localizada do Musée do Nouveau Monde, La Rochelle. Uma inscrição no seu calção, que o identifica, descreve a sua origem e vinda para Lisboa.

A obra La mascarade nuptiale está disponível no endereço: http://www.alienor.org/publications/mascarade-nuptiale/


Ciríaco

Museu Nacional de História Natural e da Ciência

Peças e Documentos

  • MUHNAC_UL_222343.jpg