Museu de Lisboa. Santo António


Toni Malau ou o Santo António da boa sorte

Reino do Kongo

Século XVII

Marfim

Museu de Lisboa - Santo António. Inv. MLSA.ESC.234


Pequena escultura em marfim que revela uma faceta pouco conhecida do culto prestado a Santo António, o santo nascido em Lisboa, cuja imagem com o Menino Jesus ao colo tem repercussão em todas as culturas do mundo.

Peça rara e historicamente muito significativa, originária do antigo Reino do Kongo, representa o resultado do encontro de culturas e a dinâmica do sincretismo religioso africano, bem como a singular manipulação das crenças cristãs levadas pelos colonizadores europeus.

Utilizada como uma espécie de amuleto, a imagem de Santo António era usada para proteger contra os ataques dos inimigos, para interceder pelos seus detentores ou para socorrer as embarcações e os passageiros dos naufrágios. Possuía poderes curativos quando em contato com as áreas enfermas do crente. Por isso a peça apresenta sinais evidentes de desgaste, devido à utilização dada pelos enfermos que a esfregavam diretamente na moléstia a tratar.


Seleção de peças e texto: Pedro Teotónio Pereira

Toni Malau ou o Santo António da Boa Sorte

Museu de Lisboa - Santo António

Peças e Documentos

  • MLSA.ESC.02342.jpg