Chiado

Os Pretos de S. Jorge. Óleo s/ tela. José Malhoa, 1886. Coleção Particular


PROCISSÃO DO CORPO DE DEUS (SÉC. XVI- XIX).


Desde a Idade Média que a procissão do Corpus Christi percorreu as ruas de Lisboa num trajeto que partia da Igreja de N. Sra. dos Mártires e culminava na Sé Patriarcal.

Segundo a tradição, desde o século XIV que a imagem de S. Jorge defensor do reino, integrava o cortejo, não se sabendo ao certo quando passou a ser acompanhado pelos populares “pretos de São Jorge”, cinco músicos que em trajes coloridos tocavam trombetas, flauta e tambores.

Os “cinco pretos de São Jorge” na procissão do Corpo de Deus. Foto de Joshua Benoliel, 1908. Arquivo Municipal de Lisboa, Fotográficoa.jpg

Os Cinco Pretos de São Jorge na Procissão do Corpo de Deus. Fotografia de Joshua Benoliel, 1908. Arquivo Municipal de Lisboa - Fotográfico






A procissão do CORPUS CHRISTI!... – Onde isso vai, essa Páscoa dos bons pretinhos vestidos de encarnado! Com que fidalgo orgulho […] eles marchavam em linha, pífanos e tambores soando, rua fora, entre as colegiadas e o primeiro corcel de batalha de S. Jorge.

Álbum de Costumes Portugueses. Fialho de Almeida, 1888